Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cátia Sofia Santos

Lifestyle

Lifestyle

Cátia Sofia Santos

13
Set17

COMO CONGELAR OS DIFERENTES TIPOS DE ALIMENTOS CORRETAMENTE!!!


Cátia Sofia Santos

Com a correria do dia-a-dia atual, o congelamento dos alimentos ou de algumas refeições é uma das opções mais saudáveis a considerar. Preserva os alimentos e é de acesso fácil. Veja como o fazer corretamente para cada tipo de alimento.

 

 

Foto: freepik

 

Para a maioria das pessoas, atualmente, começa-se a tornar impossível a confecção de uma refeição fresca diariamente. A correria do dia-a-dia faz com que tenhamos que usar cada vez mais alimentos ou refeições industrializadas, prontos para o consumo humano e cada vez menos alimentos frescos e ao natural.

 

Para tentar ultrapassar estas situações, uma das opções mais saudáveis é o congelamento dos alimentos ou parte de algumas refeições. O congelamento nada mais é do que a conservação dos alimentos através da temperatura bem fria (de -4ºC a – 23ºC).

 

A vantagem do congelamento é que preserva os alimentos e algumas preparações confeccionadas por longos períodos de tempo, sem se deteriorar (que duram um tempo maior quando comparados aos alimentos preservados em refrigeração). Além disso, é possível programar algumas refeições da semana, tendo sempre à mão uma “comidinha feita em casa” e bem mais saudável, com uma economia de tempo e dinheiro.

 

Etapas do congelamento

– Divida os alimentos em dois, separe os alimentos que ache de boa qualidade para um lado e limpe-os. Quanto ao outro grupo de alimentos, utilize-os para a preparação de uma refeição;

– Faça os procedimentos necessários para cada tipo de alimento (indicado abaixo);

– Coloque em embalagens adequadas, como sacos de plástico, frascos de vidro ou de plástico, filmes protetores próprios para os alimentos. Tenha o cuidado em colocar pequenas quantidades de alimento, e que sejam ideais para o consumo de uma refeição, tentando sempre retirar o ar da embalagem;

– Identifique a embalagem a congelar com uma etiqueta contendo um nome e a data de preparação do alimento ou da refeição;

– Coloque a embalagem no congelador a uma temperatura igual ou abaixo dos – 18º C;

– Conserve os alimentos congelados a uma temperatura de – 18ºC até 3 meses;

– Depois de descongelados, nunca volte a congelar os alimentos.

 

Congelamento de fruta

A fruta deve ser limpa e os caroços devem ser retirados. Coloque a fruta na quantidade exata para uma ou várias pessoas. Coloque uma etiqueta com a informação necessária na embalagem. A fruta congelada deve ser  consumida em preparações como bolos, tortas, gelatinas, entre outros.

 

Congelamento de vegetais/legumes

Para congelar os vegetais ou os legumes é necessário fazer uma técnica chamada de branqueamento. Técnica esta que preserva melhor as características do alimento como sabor, cor, textura, além de ocorrer também uma diminuição da atividade enzimática e da proliferação de bactérias.

 

O processo inicia-se aquando da separação das partes estragadas e de uma lavagem correta dos vegetais/legumes. Em seguida, deve-se submergir o alimento em água fervente e rapidamente colocá-lo em água fria, para que ocorra o choque térmico. Após o branqueamento, congela-se o alimento – etapas anteriormente descritas.
Congelamento de carne e peixe

As carnes, bem como as aves e o pescado, devem ser limpas e as partes não comestíveis (como a gordura em excesso) devem ser retiradas. Estes alimentos devem ser porcionados em quantidades que vão ser consumidos.

 

Congelamento de alimentos pré-confecionados

Prepare os alimentos com alguns temperos (ervas aromáticas ou especiarias) e não exceda o tempo de confeção, já que os alimentos serão aquecidos novamente. Após a preparação dos alimentos, coloque-os em embalagens adequadas, na quantidade a ser consumida numa refeição, e, de seguida, coloque a embalagem do alimento pronto sobre um recipiente com água fria e gelo, e em seguida no frigorífico. Após uma refrigeração convém transferir para o congelador.
Alimentos que não devem ser congelados

Ovos, maionese, chantilly, iogurtes, bananas, peras, vegetais de folhas, pudins em geral, tomates, batatas, pepinos, natas, queijos cremosos ou amanteigados, cremes engrossados e outros.
Descongelamento

Os alimentos devem ser descongelados sempre colocando o alimento no frigorífico, no micro-ondas ou à temperatura ambiente, no máximo por 4 horas, sempre colocado numa embalagem adequada.

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Widgets